Alimentação para ganhar massa muscular

Dicas de alimentação para aumentar a massa muscular

O aumento da massa muscular não depende só do treino, e a alimentação é a base para que o desempenho ideal seja alcançado. Saber escolher os seus alimentos e montar uma dieta eficiente pode fazer toda a diferença nos treinos e nos resultados práticos no seu corpo.

Alimentação básica

A alimentação básica de quem treina para o ganho de massa muscular deve ser específica, sendo remodelada para que o treino tenha melhores resultados. E na alimentação básica o que devemos priorizar é basicamente alimentos com boa concentração de proteína, nutriente que será responsável pela regeneração muscular e pelo crescimento gradativo dos músculos. A dieta cotidiana deve ser o mais direcionada possível, para que i indivíduo não necessite apelar para o uso de suplementos e para que ele consiga todos os nutrientes necessários à execução da musculação. Na categoria de alimentos favoráveis ao ganho de massa muscular podemos incluir o ovo, um dos maiores fornecedores de proteína de alto valor biológico para o nosso organismo (evite apenas o ovo frito). Carne vermelha também é uma forte aliada a esse crescimento, sendo o principal fornecedor natural de creatina ao nosso corpo, e devendo ser consumida de três a quatro vezes por semana. O salmão também é muito indicado, já que além de proteínas é rico em ômega 3. Temos ainda como aliados o iogurte, o azeite de oliva, soja, amêndoas e muitos outros. O ideal é que no início do programa de treinamento um nutricionista seja consultado, para que a criação desse cardápio seja personalizada e para evitar muitos erros prejudiciais.

alimentação para musculaçãoA alimentação antes e depois dos treinos é motivo de atenção da mesma forma. É indicado o consumo de carboidratos até uma hora antes do treino, para que o corpo tenha reservas de energia suficientes para todos os exercícios pesados que serão realizados. E após o treino o indivíduo deve fornecer uma quantidade razoável de proteínas ao corpo, permitindo que o músculo tenha material para se regenerar e crescer.

Suplementação

Devemos ter em mente que a suplementação não deve ser a base da alimentação para o treino, e que deve ser realizada apenas se houver falta de algum nutriente na dieta básica do indivíduo, ou se por algum motivo o esportista precise potencializar o crescimento muscular (como é o caso de fisiculturistas, por exemplo). Os nutrientes necessários podem ser adquiridos de forma natural e sem suplementos se qualquer problema, mas se necessário o nutriente deve ser escolhido com cuidado. Consulte um nutricionista, ao invés de utilizar o suplemento que o seu amigo ou colega utiliza. Suplementos não são doces nem guloseimas, e deve ser utilizados com cuidados e restrições. Verificada a sua necessidade, realize uma ampla pesquisa e tente escolher aqueles que possuem credibilidade no mercado, e que sejam mais adequados aos seus objetivos.

Antropologia - Promoção de passagens - Empregos - Holismo - Desenhos para colorirEmagrecer - Ikids

Scroll To Top